21/09
2009



Rio Branco – A Justiça do Estado do Acre deve começar o julgamento, nesta segunda-feira, do ex-deputado cassado Hildebrando Pascoal que teria matado um de seus desafetos com uma motoserra em 1996. Três dos 25 jurados pré-selecionados teriam pedido para não participar do julgamento com medo de retaliações. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Hildebrando, de acordo com o Ministério Público, teria matado Agílson Santos, o Baiano, amputando-lhe os braços, pernas e genitália com uma motoserra, além de perfurar os olhos e cravar um prego na sua testa. Seus restos mortais teriam sido jogados em uma avenida de Rio Branco. O folho de Baiano também teria sido morto pelo grupo do ex-deputado.

Quatro testemunhas do crime foram mortas, Hildebrando foi condenado por duas delas. Ele também já foi condenado pelo crimes de tráfico de drogas, por trocar votos por cocaína

Os integrantes do júri estão hospedados em hotéis sob escolta policial. Sete deles serão sorteados para votar no julgamento.

Fonte: Terra

Sim!  Ainda bem que é lá no Acre, então a chance de tudo isso não existir é alta.

http://blogaragem.com/wp-content/uploads/2009/02/jason-6.jpg

Blog Widget by LinkWithin
Be Sociable, Share!

Sem Comentários.

Comente também